Coleção A/W Flygrl: Panapana & Be

E aí, coisas lindas do meu coração!

 

[eu tô enrolando pra fazer esse post já faz um tempão! Antes era só um short post sobre a Panapana, mas já que comprei a Be decidi fazer algo mais completinho pra compensar hehe Senta que lá vem textão!]

Não é segredo pra ninguém que eu amo e defendo a Melissa sempre, né? E sempre que uma coleção nova vai chegando meu coraçãozinho fica inquieto e cheio de curiosidade pra saber como vão ser os novos modelos. A próxima coleção é de inverno, e eu AMO coleções de inverno porque trazem sapatos mais pesados e estilosos. Cês sabem, Melissa não é só ultragirl, se você olhar com jeitinho com certeza acha alguma coisa que te agrade.

A nova coleção me pegou de jeito – como todas as coleções, né? Hahahaha. A coleção de Outono/Inverno (Autumn/Winter) trás como conceito o empoderamento feminino. Sim! Não é demais? (Falei um pouquinho sobre este assunto AQUI). O bacana é que, com suas formas ousadas, femininas e únicas, a Melissa busca inspirar as mulheres e incentiva sua força, poder e luta. E agora a coleção é dividida não somente em modelos Black (modelos cheios de atitude e que buscam pessoas de personalidade (conhecidas como “It girls/It boys”) que influenciam outras pessoas em todos os níveis da cadeia de consumo) e White (modelos femininos e lúdicos, segundo a Melissa é “a mulher em seu estado máximo de feminilidade”), como também modelos Grey (modelos mais neutros, pensados em pessoas básicas que optam por uma camiseta e calça jeans). São representados por dois grupos grandes, o FITS ME, que são modelos autênticos que chamam por igualdade, são simples e sem gênero, idade ou classe social – conceito representado pela linha Grey; e o grupo DEFINES ME, que chama por diferença, com modelos específicos que passam uma mensagem clara – representados pelas linhas White e Black.

Os modelos ainda são definidos pelo MOOD FEM-IN-INE, que define o que é cada um. Os modelos FEM são para as moças que se reinventam, que são femininas, heroínas – equilibra romantismo e independência. Os modelos IN são modelos que se encaixam bem em todos os gêneros – lembrando que a Melissa tá tentando implementar modelos unissex em suas coleções, embora poucos deles tenham numeração até 44. Por fim, os modelos INE são não convencionais, inusitados, novos. 

Ufa! Deu pra entender tudo?

Imagem: shetalks.com.br

Eu já pesquisei horrores sobre essa coleção, então vou deixar aqui alguns modelos que conquistaram meu coração e em breve estarão nos meus pezinhos – amém, @deus, nunca te pedi nada. 

A Grunge + Vitorino Campos é simplesmente um sonho! Pelo que pude ver ela tá maleável igual à Be!

Agora a Beach Slide vem também na versão flocada (que é tipo um veludo) e estampada!

A Classic Brogue é tudo o que eu queriaaaaa, vem com numeração até 44!

A Rain Drop Boot veio pra dar uma mãozinha pra minha Moon Dust que já tá bem surradinha – de tanto que eu uso!

A cartela de cores da Glam +Wonder Woman é impecável, todas lindas!

Embora eu não use esse modelo, achei a Space Love Bow II uma gracinha com o aplique de laço na parte do calcanhar!

É nessas horas que eu agradeço por não usar salto, assim é menos um gasto na minha vida HAHAHA AMO esse modelo, e a Lady Dragon + Vivienne Westwood é amor à primeira vista.

A Stellar voltou com cores INCRÍVEIS! Ai, se meus joelhos aguentassem andar com elas!

A Mule me conquistou de um jeito – tem vermelha!!! – que eu vou tentar superar minhas dores nos joelhos e comprar ela! Como tem a meia-pata na parte da frente o salto não fica evidente na hora de andar. Linda!

Além da versão brilhante da Be, ela virá também na versão em glitter e flocada! Quero a bordô JÁ!

Gente, cês podem dizer o que quiserem, mas a melissa She é sim um ícone muito estiloso pra quem sabe compor uma produção legal! É linda e confortável PRA CARAMBA! Só não gostei muito das cores 🙁

 

Esses são só os meus modelos favoritos de todos os que eu vi até agora. Modelos como a Cosmic e a Flox estão de volta com novas cores, além de, é claro, novas versões da Ultragirl – com apliques de flores (Ultragirl + Beauty And The Beast), borboletas e também na versão flocada.

O modelo Panapana me deixou apaixonada desde a primeira vez que eu vi. É linda demais, eu precisava dela na minha coleção hehehe E aí, fui à Galeria Melissa e o gatinho me deu uma ♥

Ela é MUITO confortável, me arrisco a dizer que é uma das mais confortáveis que eu tenho. É bem macia, o solado é mais flexível do que o da Grunge, por exemplo, acho que não vai ter o problema de rachar – várias pessoas, inclusive eu, tiveram esse problema. O único ruim é que a palmilha não é removível, e isso dificulta muito a hora de lavar.

Bem, olhem só como é linda:

Já o modelo Be é a coisa mais macia e confortável que eu já coloquei nos pés – pelo menos da marca. Pensei que nada superaria o conforto da Panapana, mas estava bem enganada! A palmilha é surpreendentemente alta e confortável, parece palmilha de tênis da Nike, sabe? Fiquei realmente surpresa. E a cada coleção que passa a Melissa trás mais o conceito comfy e o material – que não é plastico e sim melflex – tá cada vez mais maleável. Eu tô apaixonada por ela! 

Olhem só como é grossa a palmilha!

E aí, usariam essas melissas? O que acham? Qual a sua melissa favorita dessa coleção? A coleção já está disponível no site e nos Clubes Melissa, embora ainda não completa. Não foram divulgadas ainda a data dos coquetéis de lançamento. 

Até o próximo post!

A.

Deixe uma resposta