Comebacks de março

Annyeong~~

Eu sei, eu sei: tô levemente atrasada com os comebacks hahahaha Eu fiquei pensando muito se deveria retomar a partir de julho e não falar sobre os meses que não consegui escrever, mas não achei justo pois tivemos meses muito felizes, com MVs memoráveis – por serem muito bons ou muito ruins. Então resolvi fazer e postar tudo de uma vez, pra compensar a falta de posts hahaha Em março tivemos dois debuts e cinco comebacks que eu acho mais importantes – ou, pelo menos, são os que eu mais gostei/conheço/etc.

  • BTOB – Movie (06/03)

Eu nunca tinha dado muita atenção ao BTOB, infelizmente. Eles são um grupo muito bom, extremamente talentosos no vocal, e Movie veio pra fazer com que eu me apaixonasse por eles. A música é bem suave, mas é alegre e dançante. A letra é bonitinha, fala de amor – como a maioria dos k-pop né hahaha. Eu não gosto muito na cena em que o Ilhoon tá vestido de coringa porque pareceu meio aleatório, além e dar a impressão de que Coringa e Arlequina são um casal romântico – coisa que não são, né. Mas fora isso, os figurinos me agradaram e o visual do MV tá lindo – bem vibrante e colorido, com bastante luzes neon – um dos cenários me lembra bastante o do Toy do Block B (leia mais AQUI), embora não ache que tenha sido uma cópia. Eu amei mesmo esse MV, não tenho muitos pontos negativos pra ressaltar.

  • GFriend – Fingertip (05/03)

É impressionante como esse MV é horrível e maravilhoso ao mesmo tempo. Amo os figurinos e a maquiagem perfeita, as meninas estão realmente muito lindas nesse MV. A estética é bem cósmica e mágica, mas eles erram a mão em vários momentos – logo no começo, por exemplo, quando a menina (não sei os nomes, desculpe) está presa na mesa e bate as mãos como se tentasse sair, mas os movimentos dela são muito feios e é claramente algo adicionado graficamente. E depois também quando a outra menina cai do prédio, meu deusssssssss que cena feia. Isso sem falar nesse break horrível que deram na música pra adicionar imagens de ação. Eu amo e odeio quando fazem essas coisas pois quebra a vibe da música, mas em alguns casos dá supercerto, mas o corte preguiçoso na música deixou o MV feio. Sem contar que, pra piorar, não consigo achar que o conceito do MV combinou com a música. Mas ok, né,  gente supera! E, quanto a música, eu não consigo gostar de nenhuma música das GFriend, embora tolere por causa das coreografias incríveis e performances impecáveis.

  • Pristin – Wee Woo (21/03)

Quando ouvi Pristin da primeira vez já gostei bastante, embora não seja lá a melhoooor música, pois é bem grudentinha e meio infantil. Achei que o conceito todo caiu muito bem, tanto da música quanto do MV, que é bem colorido e feminino, mas também é fofo – na medida certa; os cenários são bonitos, mesmo que não muito chamativos, e os figurinos estão bem bonitos e harmoniosos – só aquela menina com os óculos gigantes que me deixa meio incomodada. Eu ADORO a coreografia dessa música. São muitas meninas, e isso aumenta e muito a dificuldade da coreografia, e muitos grupos se perdem nessa parte de fazer com que tudo fique bonito de se ver sem parecer um exagero. Gosto das cenas de magia, mesmo que pareça meio jogado no meio do MV. No geral é um bom debut.

  • MONSTA X – Beautiful (21/03)

Lá vem o Monsta X e a farofa que nunca falha. Eu gosto bastante dessa música, mesmo que o refrão dê uma caída brusca em relação ao restante da música – mas não o suficiente pra me incomodar muito. É bem a cara do grupo, você ouve e já identifica quem é. MAS o que me incomoda e MUITO é essa era “pós-BS&T“, ou seja, vários boy groups mudaram o conceito depois que Blood, Sweat & Tears, do BTS, foi lançada – leia mais sobre o MV AQUI. Com Monsta X não foi diferente, e o conceito sexy chegou pra eles. Gargantilhas, glitter e glam são os elementos-chave deste MV. Não que esteja feio ou que isso seja errado, mas né, saudades originalidade. Mas isso é algo muito recorrente no k-pop e até mesmo no a-pop, e eu já tô me conformando. Ignorando esse fato, o MV tá maravilhoso, e a minha parte favorita com certeza é a que eles estão em um espaço amplo e vazio, parecem peões em uma mesa de xadrez – mas, eu sei, essa não era a intenção hahahaha eu gosto e desgosto dessa música, pra mim é bem neutra.

  • Highlight – Plz don’t be sad (19/03)

Highlight é a maior confusão da VIDA na minha cabeça. Eles eram o grupo BEAST, mas deu o maior rolo com um dos integrantes, que acabou saindo do grupo. Logo depois o BEAST disbandou e depois voltou pra outra empresa com o novo nome. A história é mais ou menos essa, eu não sei muito bem e nem quero me estender aqui. Plz don’t be sad saiu bem no dia do meu aniversário, olha só que coisa, e é o tipo de música que eu gosto bastante. É mais ou menos no estilo da Movie, que é suave mas alegre e dançante. Gosto dos vocais dessa música, não tem highnotes exageradas, o rap é bem harmonioso com o restante da música. O MV é muito bem feito, bem colorido e vibrante. A coreografia é fofa, quem sabe logo eu aprenda? Hehehe

  • Girl’s Day – I’ll be yours (26/03)

Essa é daquele tipo de música que começa bem e termina mal. Gosto da vibe retrô da música, mas no fim ela da uma caída desnecessária que não me agradou. Ainda assim gosto da música mesmo que não seja uma das minhas favoritas hahaha O MV tá muito bonito, gosto da estética mais escura e que mistura o feminino e delicado ao grosseiro e sujo. O que eu não entendo é a necessidade de back dancers em uma coreografia simples como essa. Pra quem não conhece e não tá habituado à k-pop, esse MV pode dar um nó na mente. Eu não gostei de todos os figurinos, e o cabelo da menina que tá de noiva, meu deus, que franja horrível! Mas, no geral, é um bom comeback.

  • GOT7 – Never Ever (12/03)

Meu deus, como eu não gosto dessa música. Eu digo que essa é 2 músicas em 1: o refrão é uma e o resto é outra. Não consigo gostar do refrão dessa música, é uma bagunça sonora, horrível. Os meninos cantando “never ever” o tempo todo, a música fazendo aqueles giros, nossa! Pra mim foi a maior decepção do mês porque eu gosto bastante de GOT7, mesmo que não acompanhe muito. O MV tá bem bonito, levemente atingido por BS&T, e a parte em que um deles tá naquela caixa de vidro me lembrou – e muito – o MV de The 7th Sense. Talvez dê pra engolir com um copão de Coca por causa da coreografia que é bem bonita – aliás, saudades da coreografia de If You Do. Fica aqui o plus de que eu amoooooo a voz do Youngjae, puta merda!

E aí, qual o seu MV favorito deste mês? Pra mim o prêmio vai pra BTOB em homenagem à maior Melody que eu conheço hahahaha

Até o próximo post!

A.

Deixe uma resposta