HORA DO (K)DRAMA: THE K2!

ON AIR

Annyeonghaseyo, Usagi imnida!

Meu primeiro post do ano que na real era pra ter saído a um tempinho atrás – eu sempre tô atrasada -, mas por conta das intervenções do destino (ou minhas) não foi possível. Como foi o fim do ano? E sua passagem para 2018? O meu fim de ano foi uma montanha russa de coisas negativas e positivas – já dizia o Faustão, “loucura, loucura, loucura”. Na época que comecei a escrever esse post eu estava acompanhando Revolutionary Love com o Siwon – matando a saudade do bias – porém parei, confesso que ainda estava na vibe de The K2 andando pela casa fingindo que estava protegendo a filha do presidente com a mão em formato de arminha AHAHAHAHAHA

Kim Je-Ha (Ji Chang-Wook) é um ex-soldado foragido e, viajando pelos países para se esconder, acaba conhecendo Go Anna (Yoona) [Alana: Yoona princesa maravilhosa do grupo da nação aka Girls Generation hahaha] que é a filha bastarda do deputado Jang Se-Joon (Cho Seong-Ha). A garota estava tentando fugir novamente do seu cativeiro na Espanha e acabou esbarrando com Je-Ha que tentou ajudá-la, mas sem sucesso. Anos mais tarde acaba se envolvendo em uma situação com o deputado e, assim, Choi Yoo-Jin (Song Yoon-A) – simplesmente a mulher mais f*da desse dorama – a esposa, tenta dar um fim nele, porém nosso ex-soldado é de ferro e no fim das contas ela o contrata pra ser seu guarda-costas pessoal.

Je-Ha, que é, diga-se de passagem, o melhor soldado apresentando nas telas coreanas – na minha visão limitada de soldados -, deixa todos de queixo caído com as suas técnicas, confesso que eu dava cada berro, foi um personagem que me cativou muito rápido – isso porque eu assisti Suspicious Partner e já crushava o Chang Wook horrores HAHAHA.  Além das suas habilidades, seu jeitão de “finjo que não me importo, mas me importo sim” conquista todos ao seu redor, incluindo a Anna. Ele começa a proteger a garota após ser contratado como guarda-costas e como vocês sabem rola o famigerado clima.

Eu já ouvi falar que a Yoona atuava bem, felizmente os boatos são reais [Alana PRINCESA MULTI TALENTOSA DÁ VONTADE NÉ], essa fada me deixou de queixo caído. A cena da Anna cantando na igreja fica em loop na minha cabeça toda vez que falo desse dorama, vou deixar aqui pra vocês se arrepiarem junto comigo – bom demais. Como Anna é uma filha fora do casamento do deputado, Yoo-Jin a trancafiou em um “convento” na Espanha pra que ninguém soubesse da existência da menina e assim os anos se passam com Anna tentando fugir e avisar seu pai que estava ali. Ah, Anna é filha de uma modelo falecida e acredita que teve culpa pela morte da mãe.

OLHA A VOZ DE ANJO DESSA PRINCESA, SM, PARA DE DORMIR NO VOCAL DA YOONA!

Yoo-Jin dona do dorama, com certeza uma excelente atriz, aquelas personagens que você não tem nem como odiar mesmo que ela seja uma filha da puta de marca maior, bem expressiva, louca, manipuladora e empoderada. O Deputado acabava sendo um fantoche, porque ela fazia tudo e ele apenas seguia as regras, o relacionamento deles foi por água abaixo quando ela descobriu sobre a amante e a filha – esse deputado Jang não vale o prato que come. Além de estar ajudando na campanha pra que o deputado se torne presidente, ela tem uma empresa de segurança corporativa e a famosa Cloud Nine (basicamente uma sala com inteligência avançando que tem os podres da maioria dos políticos), onde todos querem colocar as mãos.

E o deputado Jang – homens gore da nação (tirando alguns) -, esse daqui me irritou o dorama inteiro. Primeiro que ele usava a Anna como desculpa pra suas metas egoístas, segundo que ele era um nojento com as mulheres e, meu, que homem chato! Simplesmente não gostei dele ARRRRRRR. É aquele personagem que só existe na série pra fazer cagada, mas no final faz uma pra Deus ver, sabe? Não fez mais que a obrigação na realidade.

O enredo se desenrola com Yoo-Jin movendo céus e terras pro deputado Jang ganhar a eleição, Anna querendo vingança pela morte de sua mãe, Je-Ha protegendo Anna e trabalhando por si mesmo inúmeras vezes e o deputado Jang dando rolê de carro pra cima e pra baixo. A história em si é boa, só achei o romance meio morno, acho que o Je-Ha com a Yoo-Jin seria mais cômico – nunca que isso ia acontecer, né? HAHAHA -, a ação é o ponto do alto e os plot twists não deixam a desejar, nos dando mais expectativas assim que cada episódio se encerra.

A fotografia do dorama é ok, boa, mas nada surpreendente que se destaque ou chame muita atenção – não deixa de ser boa, as cenas de ação são bem enquadradas, afinal, esse é o foco real -, confesso que também não prestei muita atenção na trilha sonora e segue o baile né HAHAHAHAHAHA

Recomendo esse dorama pra quem gostar de uma ação bem elaborada, com muita porradaria e suspense, o desfecho me deixou satisfeita e isso é raro quando se trata de dorama – sempre cagam no final! Apesar de ter algumas partes em que o dorama fica paradinho, não tira a qualidade dos seus picos de emoção e, bom, merece um 9/10.

Vocês pode assistir The K2 no Kingdom Fansub e no Dramafever.

Espero que tenham gostado do post, sinto que tá meio fraco pra um comeback, mas eu vou melhorar! Estamos voltando com tudo em 2018, espero que esse seja O ANO pra vocês e pra nós do Watashiwalana!

 

Aqui foi a Usagi e corta!

 

OFF AIR

Deixe uma resposta